Blog da Jorlan DF

7 coisas que você deve pensar na hora de escolher o seguro do carro

Uma das decisões mais importantes a serem tomadas para quem compra um novo carro é escolher um bom seguro para protegê-lo. Contudo, optar por uma seguradora que dará tranquilidade em quaisquer circunstâncias exige bastante cautela.

Neste post, vamos apresentar para você 7 dicas que devem ser consideradas ao se escolher o seguro do carro. Acompanhe!

1. Faça comparações

Observe com cuidado e compare a atuação das diversas seguradoras existentes no mercado para encontrar aquela que possui os melhores planos e que faça uma boa leitura do seu perfil.

Procure pela Internet, órgãos públicos, discussões on-line e com conhecidos informações sobre a reputação e a idoneidade das seguradoras que possam interessar. Pesquisar e comparar é um bom começo para escolher o seguro do carro.

2. Conheça o corretor

O corretor de seguros será a pessoa responsável por orientar na escolha da seguradora, além de configurar detalhadamente o seu perfil e o do seu automóvel.

Esses profissionais são habilitados pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) para atuar nessa área e devem se empenhar em oferecer os serviços mais adequados e solucionar todas as dúvidas que você tiver.

3. Confira as coberturas

Algumas seguradoras podem restringir itens a serem incluídos nas coberturas dos automóveis. Determinados tipos de danos e eventualidades podem ficar de fora do contrato estabelecido pela seguradora.

Há companhias que optam por não cobrir danos provocados por fenômenos da natureza, como quedas de árvores, enchentes, granizo. Em outros casos, o seguro pode não contemplar danos com terceiros, por exemplo.

4. Confira a franquia

O valor da franquia é colocado na apólice e ela indicará o máximo que você desembolsará em caso de acidente. Geralmente, quando o preço pago pela franquia é elevado, o valor compensável pode ser mais baixo, de forma que não compensaria acionar a seguradora nesses casos.

Ao terminar determinado período de cobertura, as companhias recompensam seus segurados com bônus e descontos de renovação quando a franquia não é utilizada.

5. Evite faltas ou excessos

Ao escolher o seguro do carro, fique atento e negocie com seu corretor alguns dos itens que podem ser incluídos ou serem retirados da cobertura. O ideal é que a apólice não tenha menos ou mais informações do que o seu perfil e o seu carro precisam.

Leia o contrato com bastante atenção antes de efetivar o negócio, compreendendo bem todas as condições, prazos e dados que são colocadas no papel.

6. Observe as proteções

Ao contratar um seguro para automóvel, muitas pessoas têm buscado por proteções que possibilitam receber o valor de mercado do veículo em casos de roubo ou de perda total, dado pela tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Esses tipos de proteções são as mais conhecidas, mas também é possível avaliar em algumas seguradoras as apólices que já determinam o valor total que será dado em casos de indenização total.

7. Aproveite as facilidades

Diversos bancos, instituições financeiras e concessionárias oferecem seguros para automóveis. O ideal é sair da loja com o seu carro protegido, pois imprevistos podem acontecer a qualquer momento.

Por isso, ao negociar a compra de um veículo, você pode verificar e cotar com o próprio vendedor a elaboração da apólice do seu carro novo e garantir a segurança do seu patrimônio.

Agora você estará bem mais confiante na hora de escolher o seguro do carro. Quer saber mais informações importantes no ramo automobilístico? Siga nossa página do Facebook e acesse todas as novidades!